Para que serve a Economia Compartilhada?    

A economia compartilhada serve para ampliar o acesso a bens e serviços por meio de um modelo de consumo sustentável, consciente e racional.

Nesse caso, o modelo visa à otimização dos bens já produzidos, ao invés da produção e compra de um novo produto. Basicamente, a economia compartilhada gera redução de custo para quem usa e renda para quem fornece.

Por exemplo, alguém que possui um quarto vago em casa pode aproveitar esse espaço ocioso para alugar a um valor mais acessível. Assim, os negócios de compartilhamento se baseiam nos três pilares da sustentabilidade: econômico, ambiental e social.                  Isso porque suas práticas economizam dinheiro, reduzem o uso de recursos naturais e geram benefícios que são repartidos entre toda a sociedade. Para que essa mentalidade seja colocada em prática, é necessária a aplicação dos seguintes princípios:

  • Racionalização dos recursos financeiros
  • Conscientização a respeito do valor e do acesso aos bens
  • Informações abertas e públicas para incentivar a inovação
  • Construção de laços de confiança entre fornecedores e contratantes
  • Redução do desperdício por meio do uso de bens ociosos.

Outro conceito essencial para a economia compartilhada é o crowdsourcing ou contribuição coletiva, que nada mais é do que o uso da inteligência das multidões para solucionar problemas de forma colaborativa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s